Holanda, água e mineração: empresários holandeses vêm apresentar cases e debater soluções para os desafios brasileiros

Grupo participa da maior feira de mineração do setor no Brasil, a Exposibram (18 a 21 de setembro) e visita a região de Bento Rodrigues e Mariana, afetada pelo desastre de 2015.

Strandsuppletie met Surfers

Como um país com um quarto do território situado abaixo do nível do mar e sob constante risco de inundações se reinventou para garantir sua existência? Inovadores por natureza, os holandeses desenvolveram um modelo de vida que aproveita a presença da água amplamente, com eficiência e segurança, de modo sustentável e economicamente viável.

As soluções e tecnologias da Holanda na gestão e uso desse bem precioso são aplicadas em diversos países graças ao know-how desenvolvido durante anos por meio da intensiva cooperação entre poder público, iniciativa privada e universidades. O país dispõe de 16,5 mil quilômetros de diques e 898 centros de monitoramento de água. O investimento em tecnologia estimulou a economia local, que conta com 1.500 empresas especializadas no uso da água.

A atividade de mineração, que hoje se encontra em expansão no Brasil, só é possível com ampla utilização de água no processo que vai da extração, beneficiamento e até por vezes no transporte dos minérios. Entre os desafios que permeiam a atividade minerária está a prevenção de desastres como o de novembro de 2015 em Mariana (MG), com o rompimento de uma barragem de rejeitos, ou o que ocorreu em maio de 2016 na China, em uma operação de mineração de lítio. Ambos os casos envolvem poluição de rios e consequente devastação ambiental.

Durante a 17ª edição da Exposibram -- Exposição Internacional de Mineração e o Congresso Brasileiro de Mineração em Belo Horizonte, empresas holandesas virão apresentar seus cases e experiências para desenvolver soluções conjuntas para a realidade brasileira. Quatro temas principais integram o programa da missão: gerenciamento de barragens, monitoramento e eficiência de recursos hídricos, água potável e tratamento de rejeitos líquidos.

Em cada uma dessas frentes, empresas de origem holandesa trarão soluções tecnológicas voltadas a atender demandas prementes no setor de tratamento e uso de recursos hídricos no Brasil. Da melhoria dos índices de saneamento básico, passando por soluções para a despoluição de rios e reservatórios de água, a Holanda pretende dividir com o Brasil a tecnologia desenvolvida ao longo de décadas.

(Confira os vídeos sobre água: https://youtu.be/Cn2mDS-WNJs e água na mineração: https://youtu.be/66F_oqm5NpM).

“Esta será uma oportunidade para conhecer de perto a expertise holandesa – referência mundial em gestão de recursos hídricos --, com mais de duzentos projetos espalhados pelo mundo”, conta Daniel Boef, Representante Chefe do NBSO (Netherlands Business Support Office), escritório holandês de apoio aos negócios no Brasil.

Confira, a seguir, o que as empresas holandesas e dois institutos de pesquisas com participação confirmada na Exposibram pretendem oferecer ao mercado brasileiro.

A Hencon desenvolve equipamentos de transporte industrial há 61 anos. Hoje, além de ser a líder do mercado de veículos para a indústria siderúrgica, tem uma linha de veículos utilitários para a mineração subterrânea, incluindo caminhões para transporte de explosivos e veículos com plataforma elevatória para trabalhos no teto de minas. A Hencon também oferece serviços de manutenção, reforma de equipamentos e treinamentos, sempre prezando pelo custo-benefício e durabilidade de seus produtos especializados.

 

A Deltares, instituto independente de pesquisa aplicada para água com sede em Delft desenvolve soluções inteligentes para as áreas de meio ambiente, infraestrutura, recursos hídricos, prevenção de enchentes e de projetos específicos em delta de rios. A Deltares trabalha em parceria com governos, empresas, outros institutos de pesquisa e universidades de vários países.

 

A Alia Instruments produz equipamentos de monitoramento para a indústria marítima e de mineração. Sediada em Twente, polo tecnológico da Holanda, a Alia desenvolveu um dispositivo não nuclear de medição de densidade, uma inovação tecnológica e de solução limpa. A empresa tem uma forte parceria, principalmente na área de pesquisa, com a Twente University, agregando expertise aos produtos e uma visão moderna de atendimento ao cliente.
 

A TEMA BV, que integra o grupo Siebtechnik/Steinhaus, é especializada na comercialização de sistemas e equipamentos destinados ao processamento de matérias-primas das indústrias de mineração, química, reciclagem e farmacêutica. Com mais de 90 anos de experiência na área, a empresa comercializa máquinas de separação de sólidos e líquidos, trituração e centrifugação.

 

A IHC Mining produz embarcações e equipamentos pesados voltados para mineração marítima. A linha de produtos inclui navios de draga, retroescavadeiras, barcaças e equipamentos usados na extração mineral em águas profundas e em sondagens subaquáticas com plataformas.

 

A Damen é um estaleiro internacional que produz embarcações para todo tipo de finalidade, de rebocadores a navios-patrulha, mas o destaque de sua participação na Exposibram são os equipamentos utilizados na área de extração mineral, incluindo balsas e equipamentos de dragagem. 

Draga fabricada pela Damen nas areias da Oil Canada

Draga fabricada pela Damen nas areias da Oil Canada

Imagem: Damen

 

A Royal HaskoningDHV, presente em mais de 30 países, atua em vários setores. Na área de mineração, oferece consultoria e gerenciamento de recursos que abrangem toda a cadeia produtiva mineral, de estudos técnicos ao acompanhamento de projetos. Na área de água, o portfólio também é amplo e inclui tratamento de água e resíduos, monitoramento de áreas sujeitas a inundação e estruturas marítimas.

 

A NHTV (Universidade NHTV Breda de Ciências Aplicadas), localizada no sul da Holanda, oferece consultoria nas áreas de conservação de identidade cultural, no resgate do patrimônio cultural e no desenvolvimento ou recuperação de turismo de regiões degradadas. O interesse da NHTV para esta missão se insere no contexto da recuperação do Rio Doce, mais especificamente no Projeto Renova, nos municípios afetados e na parceria com universidades da região.

 

Já a Wetlandtec  é uma das empresas mais conceituadas do mundo na área de purificação de água, com soluções modernas e ambientalmente responsáveis no tratamento de águas residuais e para reuso. Seu processo altamente especializado para recuperação de nutrientes (metais, fosfato ou óleos finos) de águas residuais será destaque no portfólio da empresa a ser apresentado na Exposibram.

Além da presença no estande S130 do pavilhão da Exposibram, as empresas holandesas farão uma palestra técnica onde deverão detalhar seu portfólio de serviços. A apresentação está marcada para quarta-feira, dia 20 de setembro, das 13h30 às 15h, no Auditório Turmalina - Sala 6.

No dia seguinte, quinta-feira, dia 21 de setembro, Dirk-Jan Koch, Enviado Especial da Holanda para Recursos Naturais, fará uma palestra das 14h às 15h30 no Auditório Turquesa. O tema é O papel da mineração na governança da água.

SERVIÇO

 

Evento: Exposibram: Exposição Internacional e Congresso Brasileiro de Mineração

Data:  18 a 21 de setembro de 2017 Horário: 13h às 21h

Local: Expominas (Centro de Feiras e Exposições George Norman Kutova)

Av. Amazonas, 6030 - Bairro da Gameleira, Belo Horizonte, MG

Estande da Holanda: S130 no nível Pavilhão

 

A vinda das empresas holandesas ao Brasil está sendo organizada pelo NWP - Netherlands Water Partnership (https://www.nwp.nl/en/about-us) em parceria com a representação do governo da Holanda no Brasil, formada pela embaixada e consulados (https://www.holandaevoce.nl/o-seu-pais-e-os-paises-baixos/brasil) e o escritório holandês de apoio aos negócios NBSO - Netherlands Business Support Offices  (https://nbso-brazil.com.br) .

Informações para a imprensa

Eduardo Barella, assessoria de imprensa
eduardo.barella@pixit.com.br
tel. (11) 95590 1363 / 3853 5838

Consulado da Holanda em São Paulo
Patrícia Torres de Melo, Holland Brand Manager
patricia.torresdemelo@minbuza.nl
tel. (11) 3811 3318  / cel. 97028 9121

LinkedIn: Kingdom of the Netherlands in Brazil. Acompanhe notícias do setor de água na Holanda