Pedir um visto Schengen de curta duração no Brasil

Caso você reside no Brasil e gostaria de fazer um pedido de visto Schengen de curta duração para os Países Baixos, você pode fazer isso no Consulado-Geral em São Paulo.

O que é necessário?

  • Você deve apresentar um passaporte ou um outro documento de viagem com pelo menos duas páginas em branco. Seu passaporte deve ter sido emitido nos últimos 10 anos e deve ser válido por pelo menos 3 meses após a data em que deseja deixar o espaço Schengen.
  • Você deverá preencher um formulário de solicitação de visto completo e assinado. Cada pessoa viajando sob o seu passaporte deve enviar um formulário separado. Formulários para crianças menores de 18 anos devem ser assinados por um dos pais ou por um responsável.
  • Você deverá entregar uma foto tipo passaporte segundo os requisitos neerlandeses (em inglês).
  • As suas impressões digitais serão coletadas no momento da solicitação e permanecerão válidas por 5 anos. Em alguns casos a coleta não será necessária, por exemplo, no caso de crianças menores de 12 anos.
  • Uma taxa tem que ser paga. Caso faça a sua solicitação através de um prestador de serviços externo, você pagará uma taxa adicional.

Você também precisa fornecer uma série de documentos para garantir que seu pedido seja avaliado corretamente. Por favor, complete a lista de verificação apropriada:

Quanto custa um pedido de visto?

Quando a sua solicitação for enviada para uma embaixada ou consulado holandês, alguns emolumentos deverão ser pagos. O valor pode ser encontrado na página de tarifas consulares. Caso o seu pedido de visto tenha sido feito através de um provedor de serviços externo, como um escritório de vistos, uma outra taxa também deverá ser paga ao provedor do serviço externo. 

Quanto tempo leva o processo de solicitação de visto?

Você pode entregar o seu pedido de visto em no máximo 3 meses antes da sua viagem e com pelo menos 15 dias de antecedência da data da sua viagem. 

Normalmente você saberá dentro de 15 dias caso tenha recebido o visto ou não. Em alguns casos, o processo pode levar mais tempo, até 30 dias e em casos excepcionais, até 60 dias. Por exemplo, caso haja a necessidade de entrega de documentos adicionais.

Como o meu pedido será avaliado?

Alguns estados membros do Acordo de Schengen querem trocar informações sobre os requerentes de visto. Este controle (conhecido como 'consulta') é obrigatório para certas nacionalidades e pode demorar até 7 dias.

Seu pedido será verificado no Sistema de Informação de Schengen (SIS II). Além disso, os detalhes do seu pedido serão verificados e guardados no Sistema de Informação sobre Vistos (VIS) (em inglês).

O Ministério de Relações Exteriores utiliza um sistema de tomada de decisões informatizado, para tomar decisões melhores e mais rápidas sobre os pedidos de visto. Para obter mais informações sobre como seus dados serão processados, consulte a declaração de privacidade.

Solicitar um visto no Brasil

Agendamento

Para iniciar seu processo de visto, você precisa agendar sua visita através nosso sistema on-line de agendamento.

No Brasil, apenas o Consulado Geral em São Paulo é competente para pedidos de visto.

Devolução do passaporte via Sedex

Caso more distante do Consulado Geral em São Paulo, existe a possibilidade de que seu passaporte seja entregue via Sedex. No ato da entrega dos seus documentos ao atendente, você informará que quer receber seu passaporte via Sedex, evitando, assim, que tenha que repetir sua viagem. Você receberá um envelope no qual  colocará seu endereço completo, e pagará na hora a taxa de envio via sedex.
O envio de documentos para o seu endereço residencial será de sua inteira responsabilidade. O Consulado não será responsabilizado por qualquer perda, roubo ou danos dos documentos enviados via Sedex.

Cidadãos brasileiros

Cidadãos brasileiros não precisam de um visto Schengen caso queiram permanecer, como turista, por um período menor do que noventa dias nos Países Baixos.

No entanto, isso não implica que a entrada no espaço Schengen será automaticamente aceito; mesmo cidadãos estrangeiros de posse de um visto não têm automaticamente o direito à entrada. Em caso de controle na fronteira, podem-lhe ser pedidos informações e/ou documentos que comprovam sua situação financeira, o período de estadia e o motivo da viagem.