Vice-ministra Keijzer visita o Brasil e Argentina para falar sobre inovação e G20

A cooperação internacional oferece aos empresários holandeses oportunidades extras para o desenvolvimento de inovações em produtos e serviços de sucesso. A vice-ministra Mona Keijzer (Assuntos Econômicos e Clima) está, portanto, em conjunto com empresas e instituições de conhecimento holandesas, de 19 a 22 de agosto, em São Paulo (centro econômico e financeiro do Brasil). Acordos de cooperação serão concluídos durante a visita. A Holanda também mostra sua expertise no campo das tecnologias digitais e industriais, as quais possuem mercados promissores no Brasil.

Mona Keijzer

Existem oportunidades no Brasil para a aplicação de tecnologias industriais de Sistemas e Materiais de Alta Tecnologia (HTSM), por exemplo, na construção de aeronaves e indústria naval. As atividades de TIC,  como a aplicação de Big Data e Blockchain, o chamado setor de Ciências da Vida e Saúde e a economia de recursos biológicos (biobase) também são promissoras.

Com empresas brasileiras, instituições de conhecimento e governos, a vice-ministra Keijzer fará acordos durante suas visitas a São Paulo e a São José dos Campos para colaboração em pesquisa e desenvolvimento (P & D). O objetivo é utilizar mais oportunidades de crescimento neste mercado, que é de grande interesse para os Países Baixos.

A Holanda é o mercado de exportação europeu mais importante para o Brasil

A Holanda é o quarto maior importador mundial de produtos brasileiros (4,2 bilhões de euros), se posicionando em seguida da China, dos Estados Unidos e da Argentina. Na contraparte, a Holanda exporta 3,3 bilhões de euros em mercadorias para o país sul-americano. Nos últimos dez anos, o valor anual das exportações holandesas mais do que duplicou. Após uma forte contração econômica, a economia brasileira se recuperou em 2017.

A cooperação entre os Países Baixos e o Brasil também desempenha um papel proeminente no programa de inovação da UE Horizonte 2020. Dos 88 projetos premiados com um participante brasileiro, 35 estão trabalhando com um holandês. 26,8 milhões de euros (Países Baixos) e 5,3 milhões de euros (Brasil) foram prometidos para apoio da UE a estes projetos.

Cúpula do G20 sobre economia digital na Argentina

Após sua visita ao Brasil, a vice-ministra Keijzer participa, como representante do governo, da cúpula do G20, sobre economia digital em Salta na Argentina (de 23 a 24 de agosto). Representantes das 20 maiores economias falam sobre a agenda política conjunta para um mercado digital global mais forte. A Holanda foi adicionada pelo país anfitrião como participante do G20, assim como em 2017 (Alemanha).

Recentemente, a Vice-ministra Keijzer apresentou a Estratégia Holanda Digital em nome do governo. Com isso, esta estratégia visa fortalecer ainda mais o potencial de ganhos dos Países Baixos, garantir melhores habilidades digitais e segurança cibernética na sociedade. A participação no G20 oferece aos Países Baixos a oportunidade de estabelecer ligação entre a estratégia nacional de digitalização e suas ambições internacionais nesta área.